quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Puchero


Esta é uma das minhas comidas prediletas, me lembra infância, me lembra familia, me lembra de minha avó Carmem e do meu pai, é a minha "confort food"... Provavelmente poucas pessoas conhecem, mas todo mundo que experimenta adora.
O Puchero é uma comida tipicamente espanhola, mas é daquelas que não se come em restaurantes, é uma comida caseira. Na Argentina também se faz o Puchero, mas é bem diferente do espanhol. E mesmo na Espanha deve haver diferentes maneiras de prepará-lo. Esta receita era feita por minha avó, que veio da Espanha bem pequena e era da região da Andaluzia.

PUCHERO
receita para 20 pessoas comerem bem...

2Kg de carne de porco salgada - pernil, lombo e costelinha (qual vc encontrar...) - Não é o charque! É aquela carne salgada que se usa em feijoada.
3 paios em rodelas finas
2 linguiças calabresa em rodelas finas
2 colh. óleo
10 dentes de alho socados com pouco sal
2 cebolas picadas ou raladas (eu passo no processador)
1 folha de louro
8 tomates sem pele e sem sementes picados
0,75Kg de grão-de-bico (não economize, tem uns que são muito duros!)
12 batatas médias sem casca em cubinhos
pimenta calabresa
2 xíc. arroz agulhinha
2 Kg de coxas e sobrecoxas de frango sem pele (tempere com um pouco de alho e sal)

Deixe as carnes salgadas de molho em bastante água, trocando a água várias vezes, de um dia para o outro.
Afervente as carnes salgadas em uma panela, em outra afervente as linguiças e numa panela bem grande coloque o grão-de-bico (deixe de molho por uns 20 minutos apenas) com água suficiente para cobrí-lo e leve ao fogo.
O segredo do Puchero está na ordem de colocar os ingredientes na panela e em cozinhar o grão-de-bico no ponto.
Quando o grão-de-bico começar a amolecer, faça à parte um refogado com o óleo, o alho, a cebola, o louro e os tomates. Junte o refogado à panela do grão-de-bico.
Escorra a carne salgada da água onde foi aferventada, porém reserve a água. Usaremos esta água para acertar o sal ao final do preparo, ela vai dar o sabor ao caldo. Junte a carne salgada à panela com o grão-de-bico (que a partir de agora vou chamar de Puchero...). Você vai deixar ferver para as carnes cozinharem e o grão-de-bico amolecer um pouco mais.
Escorra as liguiças e junte ao Puchero. Cozinhe mais um pouquinho. Quando as carnes estiverem macias e o grão-de-bico estiver quase bom, acrescente o frango e as batatas, eles cozinham super rápido e se cozinhar demais o frango se solta dos ossos. Deixe ferver alguns minutos e acerte o sal com a água em que foram aferventadas as carnes e que você resevou.
Até aqui você pode fazer com antecedência e até reservar uma parte para congelar.
Ferva o Puchero (se você fez com antecedência) e coloque o arroz, deixe cozinhar até o arroz ficar molinho e o caldo engrossar um pouco. Sirva imediatamente porque o caldo vai secando depois que o arroz é colocado.
Hummmmmm! Bom apetite!
A receita é um pouco demorada porém pode ser feita com antecedência e é um prato único, ou seja, na hora de servir não dá o menor trabalho...

3 comentários:

Ana D. disse...

Aqui está um friozinho...Espero que por ai também esteja, para vocês poderem degustar melhor esse Puchero!!!
Isso é bom demais menina!!!
beijos

Dri Santos disse...

que engraçado... minha cunhada faz um prato muito parecido (só nao coloca o arroz) e chama de sopa de gão de bico. Inclusive na casa dela é tradição comer a sopa no ano novo.

E realmente Puchero em restaurante... affff uma vez nos serviram algo que parecia um feijão tropeiro rsrs (não gostei).

bj, e bom final de semana.

Dri

Marcia disse...

Que delícia, aqui em Floripa está um friozinho que combina muito bem com esse prato, com certeza vou tentar fazer, não sou muito boa na cozinha rsss...
Beijos
Márcia Felício