quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Sopa de Milho Verde

Todo ano passo uns dias com a família do meu marido no interior de São Paulo e minha sogra, que é uma cozinheira de mão cheia, prepara os mais maravilhosos quitutes para nos agradar, é uma comilança só!
Uma das especialidades dela é a Sopa de Milho Verde, que é uma comida típica do interior paulista, um daqueles pratos tradicionais que as famílias modernas nem conhecem mais...
É um pouquinho trabalhoso, principalmente porque a gente tem o costume de fazer um panelão, mas vale muito a pena.
Você pode achar que agora é verão e não é época de tomar sopa, até concordo com você, mas é que agora é que é a época do milho, e a vó Marly faz questão de comprar na feira o milho recém colhido, aquele que você cutuca o grão e sai bastante caldinho, eu é que não vou me atrever a comprar milho já velho...Milho em lata, então, nem pensar!!!

SOPA DE MILHO VERDE
24 espigas de milho bem fresquinhas
8 colh. sopa de óleo
3 colh. sopa de tempero completo (ver abaixo)
cheiro verde picado (salsinha e cebolinha)

Com uma faca afiada, debulhar as espigas de milho. Bater no liquidificador rapidamente com o mínimo possível de água. "Peneirar" num escorredor de macarrão, espremendo o bagaço e "lavando" com mais um pouco de água para retirar bem a polpa do milho. Reservar...

Numa panela de fundo grosso coloque o óleo e o tempero e refogue por alguns minutos, cuidando para não queimar...

Acrescente uns 3 copos de água fervente...


Este é o caldo base, deixe ferver...

Abaixe o fogo e vá acrescentando aos poucos, mexendo sempre, o milho batido. Muito cuidado para não empelotar...

Mexa até ferver, raspando bem o fundo da panela para não grudar nem empelotar...Se engrossar demais, acrescente mais água fervente...
Cozinhe por 45minutos a 1 hora, até que o sabor de milho cru desapareça e a sopa fique bem amarelinha e cremosa. Acerte o sal e polvilhe com cheiro verde...
Para acompanhar a sopa a D. Marly prepara um frango ensopado bem douradinho. Primeiro ela tempera o frango com o tempero completo, depois ela coloca na panela óleo e uma colher rasa de açúcar, e deixa o açúcar caramelizar (isso mesmo, ele fica bem queimadinho e não deixa o frango doce...), aí ela frita os pedaços de frango...

e depois de bem dourados ela coloca água e deixa cozinhar...

Depois de pronto ela polvilha um cheiro verde...

E como é comida caipira, tem que ser servida na panela...Aqui nossa mestre-cuca e a "panelinha" de sopa...

O prato montado, a sopa, um pedaço de frango e o caldinho do frango por cima...

Hummmmmm! Eu AMO essa sopa!
E aqui a receita do tempero secreto da vó Marly:
TEMPERO COMPLETO
5 cabeças de alho
5 cebolas médias
1/2 Kg de sal
1 pimentão vermelho pequeno
Bater a cebola e o alho no liquidificador ou processador. Bater separadamente o pimentão e escorrer numa peneira. Juntar o alho, a cebola, o pimentão e o sal. Guardar em vidros (rende quase 2 vidros desses de palmito). Este tempero não leva muito sal, se necessário corrija o sal ao final do cozimento.
Qualquer dúvida, é só perguntar.
Bom apetite!

3 comentários:

Elaborarte disse...

Morri de vontade agora.... AMO MILHO!!!

E agora heim? Onde vou encontrar milho fresquinho aqui???

Santo Deus!!!

Bj,
Dri

Daniela Mantovani Feketé disse...

Olá, essa receita da p/ quantas pessoas? Vc sabe ou tem como perguntar? Sou de Tatuí e aqui se come muito, só que quero fazer p/ bastante gente (festa de aniversário) e gostaria de ter idéia da quantidade...e com qual bebida servir? Vinho ou cerveja? Ou será que uma boa caiprinha combina melhor? rsrsrs O que vc acha? Obrigada

Carmem Lucia Calvo disse...

Olá Daniela! Vc não deixou seu email, então vou responder por aqui mesmo...A receita dá para aquela panela grande que vc viu na foto, acho que dá para 15 a 20 pessoas..Não sei ao certo porque minha sogra sempre faz um exagero, mas todo mundo gosta de comer depois, hehehe.
Quanto à bebida, acho que depende mais do clima, do horário e do que os convidados gostam!
Espero ter ajudado! bjs